monarquiaja

Just another WordPress.com site

BRASIL COLÔNIA ( FORMAÇÃO DE UMA NAÇÃO)

Terra de Vera Cruz (de 1500 a 1501): nome provisório de referência cristã. Terra de Santa Cruz (de 1501 a 1503): nome provisório de referência cristã. Brasil (de 1503 a 1824): nome dado pelos portugueses em função da grande quantidade de árvores de pau-brasil existentes na região do litoral brasileiro. Império do Brasil (1824 a 1891): após a Independência do Brasil (1822), D.Pedro I ordenou a elaboração da primeira Constituição do Império do Brasil (oficialmente denominada Constituição Política do Império do Brasil) Nesta, promulgada em 1824, ficou definido o novo nome do país, fazendo referência ao sistema imperial de governo. Estados Unidos do Brasil (1891 a 1969): com a Proclamação da República, o nome de nosso país mudou novamente, pois era necessário retirar a referência aos sistema monárquico. A expressão “Estados Unidos” reforçava a unidade territorial e o sistema federativo. República Federativa do Brasil (1969 até os dias de hoje): o nome do país foi alterado na Constituição de 1969, reforçando assim o termo que faz referência ao sistema republicano. 01- Chegada dos portugueses ao Brasil em 22 de abril de 1500. 02 – Portugueses começam a extrair o pau-brasil da região litorânea, usando mão-de-obra indígena. A madeira era comercializada na Europa. 03 – Os portugueses construíram feitorias no litoral para servirem de armazéns de madeira. 04 – Nesta fase os portugueses não se fixaram, vinham apenas para explorar a pau-brasil e retornavam. 05- Época marcada por ataques estrangeiros (ingleses, franceses e holandeses) à costa brasileira. Ciclo do açúcar (1530 até século XVII) 06- Em 1530 chega ao Brasil a expedição de Martim Afonso de Souza com objetivo de dar início a colonização do Brasil e iniciar o cultivo da cana-de-açúcar. 07- A região Nordeste é escolhida para o cultivo da cana-de-açúcar em função do solo e clima favoráveis. 08 – Em 1534 a Coroa portuguesa cria o sistema de Capitanias Hereditárias para dividir o território brasileiro, facilitando a administração. O sistema fracassou e foi extinto em 1759. 09 – Em 1549 foi criado pela coroa portuguesa o Governo-Geral, que era uma representação do rei português no Brasil, com a função de administrar a colônia. 10 – A capital do Brasil é estabelecida em Salvador. A região nordeste torna-se a mais próspera do Brasil em função da economia impulsionada pela produção e comércio do açúcar. 11 – Nos engenhos de açúcar do Nordeste é usada a mão-de-obra escrava de origem africana. 12 – Invasão holandesa no Brasil entre os anos de 1630 e 1654, com a administração de Maurício de Nassau. 13 – Nos séculos XVI e XVII, os bandeirantes começam a explorar o interior do Brasil em busca de índios, escravos fugitivos e metais preciosos. Com isso, ampliam as fronteiras do Brasil além do Tratado de Tordesilhas. Ciclo do ouro (século XVIII) 14 – Em meados do século XVIII começam a serem descobertas as primeiras minas de ouro na região de Minas Gerais. 15 – O centro econômico desloca-se para a região Sudeste. 16 – A mão-de-obra nas minas, assim como nos engenhos, continua sendo a escrava de origem africana. 17 – A Coroa Portuguesa cria uma série de impostos e taxas para lucrar com a exploração do ouro no Brasil. Entre os principais impostos estava o quinto. 18 – Grande crescimento das cidades na região das minas, com grande urbanização, geração de empregos e desenvolvimento econômico. 19 – A capital é transferida para a cidade do Rio de Janeiro. 20 – No campo artístico destaque para o Barroco Mineiro e seu principal representante: Aleijadinho. 21 – Inconfidência Mineira (1789) : liderada por Tiradentes , os inconfidentes mineiros queriam a libertação do Brasil de Portugal. O movimento foi descoberto pelo rei de Portugal e os líderes condenados. Durante um tempo, D. Pedro seguiu ordens da corte portuguesa, mas acabou percebendo que as leis vindas de Portugal pretendiam transformar o Brasil novamente em uma simples colônia. Então pouco depois que assumiu, Dom Pedro I passou a tomar medidas em favor da população e começou a ganhar prestígio. Suas primeiras medidas foram baixar os impostos e equipar as autoridades militares nacionais às lusitanas. Inicia-se um dos momentos mais conturbados desse período, pois essas ações desagradaram muito as Cortes de Portugal que exigiram que o príncipe retornasse para Portugal e entregasse o Brasil ao controle de uma junta administrativa formada pelas Cortes. No Brasil, os defensores da independência iniciaram uma campanha pedindo que o príncipe regente permanecesse em nossa terra. PORTUGAL ROUBOU O BRASIL Na época do Brasil Colônia de Portugal, a coroa recebia 1/5, isto é, 20% de imposto de renda; nem isso recebia porque havia contrabando e fuga aos direitos; Desses 20% a coroa pagava no Brasil a administração, prédios públicos, a defesa, a segurança, a justiça, Educação Brasileira pós-descobrimento, começa com a chegada dos primeiros jesuítas, em 1549. Estes religiosos da Companhia de Jesus chegam ao Brasil com o objetivo de converter os índios ao cristianismo. São peças fundamentais no processo de aculturação imposto por Portugal na colonização do Brasil. E, no ensejo de propagar a fé católica, de quebra, ensinam aos nativos saberes básicos, como ler e contar; ficaram fortes, igrejas, conventos, palácios; o resto, 80% ou mais era dos exploradores do ouro, que eram ou ficavam brasileiros: O Brasil não produzia nada, porque sendo colônia não podia (nem tinha o saber para isso); Portugal também não; ia tudo da Inglaterra, mas através de Portugal. Foi aí que se gastou. O ouro acabou por ir a grande parte para Inglaterra. O Brasil despovoou Portugal: o rei D. João V teve de proibir a ida para o Brasil dos minhotos, gente brava descendente de suevos e visigodos, que rasgou o sertão, fez povoações, uniu-as e alargou e fez o Brasil. Na altura ser brasileiro era naturalidade (e com orgulho) ser português era nacionalidade (também com orgulho). O D. João VI não queria sair do Brasil, só o fez obrigado e pelo risco de perder Portugal; adorava o Rio e como o compreendo, terra maravilhosa! Nem o D. Pedro I (nosso IV) queria sair! Quanto a um Brasil holandês… não sei mas quem expulsou os holandeses foram os brasileiros. INÍCIO DA NAÇÃO BRASIL 1822 – No dia 7 de setembro, D.Pedro I, às margens do riacho do Ipiranga em São Paulo, proclama a Independência do Brasil. Início do Brasil Monárquico. 1822 – No Rio de Janeiro, em 12 de outubro, D.Pedro I é aclamado imperador do Brasil. 1823 – Reunião da Assembléia Geral Constituinte e Legislativa do Brasil. A Assembléia foi dissolvida por D. Pedro I que criou o Conselho de Estado. 1824 – No dia 25 de março, D.Pedro I outorga a Primeira Constituição Brasileira. 1824 – O nome oficial do país muda de Brasil para Império do Brasil. 1824 – Ocorre o movimento revolucionário conhecido como Confederação do Equador. 1825 – Início da Guerra da Cisplatina, conflito entre Brasil e Uruguai, que queria sua independência. 1825 – A Independência do Brasil é reconhecida por Portugal. 1831 – Sofrendo pressões, D.Pedro I abdica do trono do Brasil. 1831a 1840 – Período Regencial: Brasil é governado por regentes. 1835 – 1845 – Ocorre a Revolução Farroupilha (Guerra dos Farrapos) no sul do país. 1834- Morte de D.Pedro I. 1835 – Revolta dos Malês no estado da Bahia. 1835-1840 – Cabanagem: revolta popular ocorrida na província do Pará. 1837-1838 – Sabinada – revolta regencial ocorrida na Bahia. 1838-1841 – Balaiada – revolta popular ocorrida no interior da província do Maranhão. 1840 – Golpe da Maioridade: D.Pedro II assume o trono do Brasil com apenas 14 anos de idade. 1842 – Revolução Liberal na províncias de Minas Gerais e São Paulo. 1847 – É instituído o parlamentarismo no Brasil. 1848-1850 – Revolução Praieira, de caráter liberal e federalista, ocorrida na província de Pernambuco. 1850 – Lei Eusébio de Queiróz que proibia o tráfico de escravos. 1854 – O empresário Barão de Mauá, em 30 de abril, inaugura a primeira ferrovia brasileira. 1865-1870 – Ocorre a Guerra do Paraguai: Brasil, Argentina e Uruguai contra o Paraguai. 1870 – Lançamento do Manifesto Republicano. 1871 – Promulgada a Lei do Ventre Livre. 1872 – Fundação do Partido Republicano. 1882 – A borracha ganha importância no mercado internacional e o Brasil torna-se um grande produtor e exportador. 1885 – Lei dos Sexagenários: liberdade aos escravos com mais de sessenta anos. 1874 – Chegam em São Paulo os primeiro imigrantes italianos (início da fase de imigração). 1888 – No dia 13 de maio, a Princesa Isabel assina a Lei Áurea, acabando com a escravidão no país. 1889 – Em 15 de novembro, na cidade do Rio de Janeiro, sob o comando do Marechal Deodoro da Fonseca, ocorrem o primeiro golpe de Estado no Brasil a instalação da República (fim do Brasil Império).

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: